03 Educação do Século XXI - Literacias no Século XXI

Literacia ou Literacias?
Nascemos com a capacidade de aprender. Esta capacidade é também um direito fundamental.










O conceito de literacia evoluiu: do “mundo da leitura” passou à capacidade de “leitura do mundo”.





A capacidade de leitura do mundo resulta do desenvolvimento de várias literacias específicas, cada vez mais interligadas no mundo digital.








A literacia da informação implica o domínio de uma série de estratégias e de conhecimentos que permitem aceder a diversos meios e descodificar diversos tipos de mensagens (ou diversas camadas de uma mensagem!).

information-literacy.png

A literacia da informação tornou-se uma das principais ferramentas de pesquisa, de organização, de filtragem e de produção de conhecimento. Sem ela, já não é possível viver e intervir na sociedade de informação.

mapa conceptual lit inf

As Tecnologias da Informação e Comunicação como disciplina na escola têm um grande potencial no desenvolvimento quer da literacia da informação quer de outras literacias, pois providenciam conhecimentos, meios, técnicas e competências que irão facilitar aprendizagens e produção de conhecimento na era da literacia digital.

Processo-das-TIC2.png
As aprendizagens de hoje implicam o domínio de diversos tipos de informação, apresentados em diferentes tipos de media e com múltiplos objetivos. Do mesmo modo que compreendem mensagens apresentadas de forma complexa, todos os agentes educativos devem também ser capazes de as produzir para poderem comunicar entre si e com outros e para poderem contribuir para o conhecimento comum.
Assim, a literacia mediática é outra das literacias essenciais num mundo ligado pelos media. Saiba mais sobre este conceito e sobre a avaliação desta literacia em Portugal, na Europa e no mundo no seguinte artigo de Paula Cristina Lopes (Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa).



Eis o cidadão digital do século XXI! Um cidadão fluente em múltiplas literacias!
fluências do sec XXI.jpg

Para saber mais sobre as competências digitais do cidadão do século XXI, leia o seguinte texto de Sandra Novo (realizado em Janeiro de 2012 no âmbito do Mestrado em Tecnologias e Metodologias de E-Learning do Instituto da Educação da Universidade de Lisboa).



Mas como passamos daqui…
copiar e colar bd.jpg

… para aqui?
information literacy thinking cap on.jpg

AASLs21stcenturylearnerpostersmall.jpg

Fala-se já em transliteracia! Este conceito baseia-se no de comunicação e abrange a seleção e produção de informação em qualquer formato e em função do público a que se destina, a sua transmissão ou partilha e a sua eventual recriação.



As bibliotecas estão a explorar este conceito e a pensar em soluções que permitam aos cidadãos (alunos ou não) desenvolver a sua literacia comunicacional. Porque, no fim de contas, sem comunicação não há conhecimento nem cidadania.
Mais algumas ideias sobre Literacia (retiradas de um trabalho de Rita Francisco (Coimbra, 2008), realizado sob orientação de Paulo Peixoto no âmbito da disciplina de Fontes de Informação Sociológica da Licenciatura em Sociologia, da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.)

“A existência humana é uma tarefa permanente de leitura da vida: ler a vida é escrever e reescrever o mundo.”
(Rosa, Joaquim Coelho (2008), “Literacia”, in AAVV, Literacia em Português. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 107.)

A palavra literacia tem vindo a ser utilizada para conceptualizar um novo conceito de capacidade de leitura e de escrita. Distingue-se de alfabetização por não ter em conta o grau de escolaridade a que esta estava tradicionalmente ligada.A alfabetização traduz o ato de ensinar ou de aprender um novo conceito; a literacia traduz a capacidade de usar competências (ensinadas e aprendidas) de leitura, de escrita e de cálculo. Esta capacidade escapa a categorizações dicotómicas como “analfabeto” vs. “alfabetizado”. (Benavente, Ana et al. (1995), Estudo nacional de literacia. Relatório preliminar. Lisboa: Instituto de Ciências Sociais.)

Este conceito estabelece a posição de cada indivíduo num processo contínuo de competências que passa também pelas exigências sociais, pessoais e profissionais com que cada um se confronta na vida quotidiana. “(…) (na literacia) não se trata de saber o que é que as pessoas aprenderam ou não, mas sim de saber o que é que, em situações da vida, as pessoas são capazes de usar. A literacia aparece, assim, definida como a capacidade de processamentos da informação escrita na vida quotidiana.”(Benavente et al., 1995: 23)

A literacia faz parte, de forma longamente sedimentada e profundamente estruturadora, de um universo sociocultural em que, cada vez mais, todos estamos atualmente inseridos, mesmo os que têm capacidades muito reduzidas de ler, escrever e contar.(Benavente, Ana, et al. (1996), A Literacia em Portugal. Resultados de uma pesquisa extensiva e monográfica. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.)

Para conseguirmos viver nas sociedades atuais e compreendermos os seus complexos mecanismos de funcionamento, é necessário gerirmos uma gama variada de informações que nos chegam de várias formas. (Benavente, Ana, et al. (1994), Renunciar à escola. O abandono escolar no ensino básico. Lisboa: Fim de Século.)

A literacia é uma capacidade que está ao alcance do ser humano. Quanto menos capacidades as pessoas têm, menos autónomas são e mais problemas sentem para assumir a cidadania plena. (Benavente, Ana, & Rosa, Joaquim Coelho (1995), “Literacia e cidadania”, in Lucília Salgado, “Literacia e aprendizagem da leitura e da escrita”. Lisboa: Ministério da Educação, 21-22.)
Sendo a literacia uma condição de cidadania, então discutir, analisar, aprofundar a ideia de literacia é o mesmo que debater as condições em que queremos viver juntos, em sociedades abertas de múltiplas culturas. A noção de cidadania vem, uma vez mais, reforçar a importância da literacia nos tempos correntes.
Para saber mais sobre as relações entre a literacia dos media, as redes sociais e o ambiente web 2.0, leia o artigo seguinte de Belinha de Abreu (Drexel University, Philadelphia, Pennsylvania, USA), apresentado em Março de 2011 no Congresso Nacional “Literacia, Media e Cidadania”, na Universidade do Minho – Braga.



Links de interesse sobre as Literacias no século XXI:
http://comedu.blogspot.pt/2010/12/literacias-do-seculo-xxi.html (Educomunicação: blogue sobre educação para os media)

http://www.scoop.it/t/literacias-sec-xxi (scoop.it.com: site de gestão de publicações online)


As restantes páginas desta Wiki abordam estes e outros assuntos. Explore-as!
puzzle 4 peças.jpg
Aprendizagem em Rede
livros e outros mats G.jpg
Literacias
livro em cima do écran do laptop.jpg
Bibliotecas


laptops.jpg
Salas de Aula
prof orienta als.jpg
Professores e Alunos
balões de fala coloridos.jpg
Conhecimento, Comunicação e Cidadania